As minhocas na carne de hamburguer [ALT]

cabecera.jpg 

Burgher King Lear, encenação de João Garcia Miguel
Vigo, dia 29 de Fevereiro de 2008

O Branco das Cousas e o Sangue, com Regina Fiz, de Mateo Feijóo
Vigo, 1 de Março de 2008

O Festival Alternativo de Artes Escénicas de Vigo é uma mostra dos variados géneros de criação artística com algum tipo de performance e duração predefinida, que ocupa vários espaços da cidade, para além dos palcos – um pouco à semelhança do Trama, no Porto, ou do Citemor, em Montemor-o-Velho. Nesta edição, foram já apresentados um espectáculo português de 2006, Burgher King Lear, e a vídeo-instalação O Branco das Cousas e o Sangue, segunda parte de um tríptico do galaico-português Mateo Feijóo (com a participação da alter-ego Regina Fiz, vedeta da pós-pornografia), uma produção do festival. Mas os aficionados puderam apreciar diferentes propostas, desde os desenhos e projecções em plástico transparente no atelier de Ramona Rodriguez, aos textos e poemas do grupo andaluz Poliposeídas. Houve teatro radiofónico no Centro Civico Casco Vello, dança na Casa Arines, performance no MARCO, música na Casa das Artes e uma visita guiada/performance pelo centro histórico. Felizmente, a singularidade de cada proposta acaba por superar as distinções de género artístico. Estes trabalhos apresentados no festival são muito desiguais tanto na complexidade de execução como no desenvolvimento dos temas, mas a maior parte precisaria de mais diversidade e contradição interna.

O Lear de João Garcia Miguel adopta como paradigma para o espectáculo a famosa cena em que o rei julga as suas filhas à revelia, com o auxílio do bobo. Numa versão bilingue, Miguel Borges faz o bufão em Português, recriando a galeria das personagens principais, e Anton Skrzypiciel um palhaço rico falando a língua do poeta isabelino, com um olho na comédia e outro no sentimento trágico. O resultado: dois bobos e dois reis, numa operação de simulacro e reconstituição dos factos, como se tudo fosse invenção de uma dupla cómica, revisitando o original através do tom descrente da modernidade tardia. O título bem poderia ser A vida e a morte do palhaço Lear tal como representada pelos histriões da corte britânica sob a direcção do Bobo do Rei. O confronto é também entre dois estilos de representação, como se o actor que faz Lear transportasse uma nostalgia dos palcos isabelinos, e o actor que faz o bobo estivesse com o sentido nos palcos radicais do século XX. A síntese entre os farsantes e as personagens de Shakespeare é bem conseguida quer na actuação de Miguel Borges, com o seu estilo faux negligé, quer na composição do Lear de Anton Skrzypiciel, cujos vestígios de nobreza de porte demonstram a impossibilidade deste e de outros reis. O público aplaudiu de pé.

No andar de cima, dá-se a ressurreição e morte de Regina Fiz, uma improvável figura do transformismo internacional e claramente a presença mais misteriosa do festival. Regina vigia a instalação de Mateo Feijóo, composta por uma coroa de flores, uma garrafa de bagaço e uma travessa de figos secos, e um túnel onde é visionado o enterro da própria, com a ajuda das pazadas de sua mãe, num cenário que tanto poderia ser a Galiza como o Minho, dada a mistura de lameiros e granito. Ao fundo, é projectado o vídeo e, à nossa frente, está um montão de terra em tudo igual ao que serve para cobrir Regina. O mais interessante desta proposta é a figuração de elementos tradicionais nos cenários, onde irrompe a figura provocadora do homem travestido com classe. É demasiado curto para apreciar longamente, e sendo apenas o segundo passo de um tríptico, será preciso esperar para ver.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: