Balanço de 2008

Cá estão, na forma de listas de compras, as short lists e a lista geral dos espectáculos que maior desgosto me daria não ter visto e maior gosto teria em rever. Esta e as listas dos outros críticos do Público estiveram na origem das escolhas do Ípsilon.

Short Lists

Peças feitas de cenas e actos
1. Platonov
2. O concerto de Gigli
3. O Mercador de Veneza
4. Persona
5. A doença de Machado-Joseph

Peças feitas de números e fragmentos
1. Buckett
2. Segundo Segundo
3. Desafinados
4. AVC
5. Catástrofe

Solos
1. Diário de um louco (integrado no ciclo Solidões)
2. Ensaio
3. O Decisivo na Política
4. Um mundo muito próprio (Tributo a Buster Keaton)
5. Adúlteros desorientados

Para todos
1. Diz-que-diz
2. História de uma Gaivota…
3. Corações em Ferrugem

Estrangeiros
1. Purificados
2. A boa pessoa de Sezuan
3. 10.000 Anos

Lista Geral

1. Platónov, de Tchékhov, encenação de Nuno Cardoso, pelo TNSJ
A singularidade deste espectáculo vem da coincidência de vários factores: uma imaginação cénica com rédea dramatúrgica; a maturação de um método de pesquisa teatral; e a cumplicidade artística de um grupo de pessoas que trabalham regularmente debaixo dos tectos do TNSJ. O resultado é uma obra teatral que come à garfada o vermelho e dourado do teatro à italiana e, a partir do palco, reedita as coordenadas espácio-temporais que eram válidas até então. A composição do colectivo de actores em cena é pensada ao milímetro mas, como deve ser, a cada dia viva. O carácter dissoluto da personagem principal, bem sacado pelos traços feéricos de Hugo Torres, e a desmesura do projecto de Tchekhov, insuflada pela estamina da juventude do autor, batem certo com a celebração da mise-en-scène perseguida por Nuno Cardoso. Tudo isto é temperado com rigor formal e sobriedade de linguagem q.b., dando origem a uma dos melhores trabalhos dos últimos tempos, e defendendo a encenação como uma das belas-artes.

2. Diário de Um Louco, de Nikolai Gogol, encenação de José Carretas, pela Panmixia
Este espectáculo foi um dos quatro monólogos do ciclo Solidões. A interpretação intensa e sofisticada de João Melo apresentou-nos uma personagem com subtis reservas quanto à eficácia do próprio discurso, e uma certa distância no uso das palavras, que causavam uma vertigem de identificação no espectador. O funcionário público que formula sonhos de grandeza aparecia assim como qualquer um de nós, em mais uma lúcida exploração do carácter nacional feita pelo encenador e dramaturgo José Carretas.

3. Purificados, de Sarah Kane, encenação de Krzysztof Warlikowski, pelo Wrocławski Teatr Współczesny, no TNSJ
Esta encenação é uma alegoria do desejo homossexual, figurada por trocas de roupa e amputação de membros, que ecoa o horror de um campo de concentração. Os actores encarnam as personagens e as falas com grande clareza de sentido, tornando credível uma ficção em que a sucessão de picos dramáticos é apresentada sem preparação explícita dos conflitos. O que mais impressiona é a beleza das representações da violência, assentes no poder de sugestão dos gestos para reconstituir a força desse desejo.

4. Buckett, de Ricardo Alves, enc. Ricardo Alves, Palmilha Dentada
5. O concerto de Gigli, de Tom Murphy, enc. Nuno Carinhas, Assédio
6. Diz-que-diz, do Teatro do Frio, direcção de Catarina Lacerda
7. Segundo Segundo, do Mau Artista, direcção de Rodrigo Santos
8. O Mercador de Veneza, de Shakespeare, enc. Ricardo Pais, TNSJ
9. Persona, de Bergman, enc. João Pedro Vaz, As Boas…
10. Ensaio, a partir de Susan Sontag, direcção de Victor Hugo Pontes

E amanhã, para fechar o ano em grande, sairá uma selecção de espectáculos feita por um painel (anónimo) de dramaturgos do Porto…

Anúncios

One thought on “Balanço de 2008

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: