O clamor dos desterrados junta-se à voz de Próspero

tempestade flyer foto

A segunda das críticas aos Shakespeares em cena. A seguir vem o Hamlet da Cornucópia e da Companhia de Teatro de Almada. E ainda fica a faltar o bad quarto da Mala Voadora, que volta à cena no São Luiz e no Theatro Circo. Até domingo, A Tempestade está no Teatro do Bairro e Ricardo III no Nacional, em Lisboa. (A primeira crítica foi esta.)

Anúncios

Os comentários estão fechados.

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: